Carta aberta para minha mãe

Gabriel Chalita faz uma singela homenagem a sua mãe, que saiu jovem da Síria, de navio, rumo a um país completamente desconhecido para ela: o Brasil.

Em um relato delicado, o autor não apenas relembra alguns momentos de sua vida ao lado da mãe, mas também reflete sobre o significado de ser mãe, a responsabilidade de ser um exemplo para os filhos, a cumplicidade no convívio amoroso, a incondicionalidade da proteção. 

Um porto seguro? Um amor absoluto? Uma fonte de sabedoria? A união soberana de todas as virtudes?

O livro é também uma homenagem a todas as mulheres que gestam a vida, que se dedicam incansavelmente a seus filhos e que amam muito.

Editora Planeta, 2012 (observação: a primeira edição da obra foi lançada em 2006).

Editora Globo Fnac Saraiva Livraria Cultura

  • Website: www.chalita.com.br
  • Email O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

Publicidade